Crianças que se tornaram famosas por empreender com maestria

Ser jovem nem sempre é uma barreira para que ideias aconteçam, quando o assunto é empreender podemos notar que a idade não é a determinação para o sucesso, é claro que a experiência também tem seu papel nesse processo, mas é sim possível compensar a falta de experiência com o esforço, apesar de muita gente achar diferente e até mesmo duvidar disso o fato é que sendo o esforço parte de todo bom empreendedor a experiência torna-se algo a se adquirir para crescer ainda mais, contudo não é um fator que irá comprometer, a um nível extremo, a execução de uma ideia. Pode-se se citar inúmeras histórias de pessoas que começaram a empreender desde cedo e hoje tem seus negócios bem estruturados no mercado aqui abordaremos alguns casos de jovens que conseguiram esse brilhante feito.

Caine Monroy: Este é um caso em que a criatividade falou mais alto. Caine Monroy, em sua infância, passava suas férias de verão próximo a loja de autopeças do pai. O pequeno empreendedor, mesmo sem saber, criava ali brinquedos com caixas de papelão que demostrava uma criatividade imensa e isso chamou atenção de um consumidor que tratou de divulgar as ideias da criança pela internet. Foi feito um evento em que 200 mil pessoas marcaram presença na loja de autopeças do pai de Caine.

Robert Nay: Apenas um computador, isso foi o necessário para que um garoto de apenas 14 anos conseguisse o título de novo Mark Zuckerberg e apesar do pouco investimento a empresa criada por ele, a Nay Games, realizou a proeza de tirar o jogo Agry Birds do topo da lista dos jogos mais baixados com um jogo chamado Bubble Ball.

Esses jovens empreendedores, apesar de não terem experiência, mostraram que o mercado é também um jogo de ideias e raciocínio e que os frutos do sucesso só podem ser colhidos por pessoas que pensam alto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *