Rodovias federais serão concedidas a empresas em troca apenas de manutenção

Resultado de imagem para Rodovias federais serão concedidas a empresas em troca apenas de manutenção

O Ministério dos Transportes anunciou no dia 13 de setembro que o governo irá conceder rodovias federais para empresas privadas em troca apenas da manutenção das mesmas. O anúncio foi realizado por Maurício Quintella, ministro dos Transportes, que assegurou as ofertas as empresas privadas com a troca da manutenção das rodovias.

Segundo a nova proposta, as empresas que quiserem receber a remuneração feita pela cobrança dos pedágios, não precisará mais investir na duplicação das rodovias, ou qualquer outro tipo de investimento que melhore o tráfego. A única despesa que a concessionária terá que arcar será a manutenção, que por sua vez corresponde a todos os defeitos e reformas da rodovia, sendo desde buracos a sinalizações. Em contrapartida a remuneração que ocorre por meio de pedágio será menor que a atual, pois as tarifas terão redução.

“Haverá a cobrança de pedágio, um pedágio bem mais módico, com um fundo para compensação, que está sendo definido. Estamos definindo, por exemplo, de onde vai vir os recursos”, revelou o ministro.

Outra mudança que também ocorrerá nas contratações de rodovias, segundo o pronunciamento do ministro, é em relação ao tempo máximo em que as concessões serão realizadas, que será de 10 anos, um número menor em comparação com as concessões atuais que giram em torno de 30 anos.

As concessões em questão são referentes a trechos de rodovias que necessitam apenas de manutenção, ou seja, não precisam de grandes investimentos como é o caso da duplicação de faixas.

O ministro ainda afirmou que o novo modelo contará com um total de 10 a 20 mil quilômetros de concessões em rodovias, o que significa muitos trechos a serem adquiridos por concessionárias de todo o país. Atualmente, a manutenção das rodovias do Brasil é realizada pela Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, que cobre uma área de 70 mil quilômetros que corresponde a estradas federais de todo o país.

No entanto, o Dnit, que é um departamento criado exclusivamente para atuar nesse tipo de manutenção, não conseguirá dar conta de todos os quilômetros por causa dos cortes que ocorreram em seu orçamento. A ideia do Ministério dos Transportes é de que as empresas possam dar conta da manutenção de grande parte das rodovias, sendo assim, mesmo com os cortes no Dnit, as estradas permanecerão bem cuidadas.

 

José Auriemo Neto e a trajetória profissional do atual presidente da JHSF Participações

Related image

José Auriemo Neto é o nome do executivo brasileiro que é, atualmente, o presidente e diretor executivo da JHSF Participações AS – empresa brasileira que atua nos setores de shopping centers, incorporação imobiliária, hotelaria e gastronomia. A companhia foi fundada em São Paulo, no ano de 1972, pelos irmãos Fábio e José Roberto Auriemo – pai e tio, respectivamente, do atual presidente do negócio – além de mais dois sócios.

Também conhecido como Zeco, José Auriemo Neto estudou na Universidade Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) de São Paulo e iniciou carreira na JHSF em 1993. Quatro anos depois, em 1997, o empresário destacou-se fundando o departamento de serviços do grupo – Zeco criou a empresa de gerenciamento de estacionamento Parkbem. Em seguida, em 1998, garantiu os direitos de desenvolvimento do primeiro shopping da empresa da família – o Shopping Santa Cruz – fazendo parte de suas atribuições a supervisão e o desenvolvimento bem-sucedido do negócio.

José Auriemo Neto foi também o responsável pela criação da área de shopping centers do empreendimento dos Auriemo – isso, em 2001. Além disso, ele intensificou a atuação da empresa no mercado de luxo e alta renda. Em 2003, veio a presidência executiva da JHSF.  Três anos depois, em 2006, o executivo lançou o complexo Cidade Jardim em Säo Paulo, onde estão o Shopping Cidade Jardim, nove torres residenciais do Parque Cidade Jardim, um dos condomínios mais sofisticados de São Paulo, e três torres comerciais.

Outros três anos se passaram e, em 2009, José Auriemo Neto foi responsável por supervisionar outro “primeiro empreendimento” da JHSF – agora, porém, no varejo. Ele assinou os contratos de parceria exclusiva com Hermes, Pucci e Jimmy Choo e abriu as primeiras lojas de varejo no complexo comercial Cidade Jardim. Ainda, em 2012, a companhia dos Auriemo garantiu uma parceria com Valentino – lançando as primeiras lojas Valentino e RED Valentino no Brasil.

Atribuições atuais do presidente da JHSF

Atualmente, fazem parte das tarefas de José Auriemo Neto a supervisão dos interesses da empresa em edifícios de escritórios, hotéis e empreendimentos públicos; e a administração dos grupos de lojas comerciais e de varejo que, juntamente com o complexo comercial Cidade Jardim, também inclui o Metrô Tucuruv, o Bela Vista em Salvador e o centro comercial Ponta Negra em Manaus.

A companhia dos Auriemo

Hoje em dia, a principal área de atuação e investimento da JHSF Participações é o segmento de alta renda, em especial as atividades de renda recorrente. Contudo, nos primeiros anos de operação da companhia – que, quando foi fundada, recebeu o nome de JHS Construção e Planejamento Ltda. – a atuação foi, principalmente, prestando serviços de construção.

Foi na década de 1980, que a JHSF se firmou como uma das principais construtoras brasileiras – sempre atendendo clientes da iniciativa privada. Nessa mesma época, criou sua área de incorporações imobiliárias. Em 1990, Fábio Auriemo tornou-se o único acionista do empreendimento, que passou a se chamar JHSF, e manteve o foco das operações no mercado imobiliário. No final dos anos 90, o empreendimento passou a privilegiar a incorporação imobiliária e o investimento em edifícios comerciais para locação.

 

Caso família Pesseghini: Vídeo levanta possibilidade de inocência do filho acusado de matar os pais

O caso do assassinato da família Pesseghini é um dos maiores mistérios a ser desvendado pela polícia. O caso está cheio de lacunas, e recentemente, descobriram que a única prova que acusa o filho, Marcelo Pesseghini, de apenas 12 anos de idade, parece ter sido manipulada.

Os avós do garoto, acreditando em sua inocência, conseguiram provas suficientes para recorrerem a reabertura do caso no Brasil através da corte internacional dos direitos humanos. A OEA se pronunciará sobre o pedido, para que o garoto Marcelo seja considerado mais uma vítima da chacina e não o acusado.

A família do menino nunca acreditou que ele tinha sido o autor da chacina que matou os pais e outras duas pessoas da mesma família.

Foi suspeitando em queima de arquivo, que os avós do menino mandaram o laudo a peritos americanos e que irão usá-lo para comprovar a inocência do neto, já que foi comprovado, que o vídeo foi alterado.

Segundo os peritos americanos, a única prova do crime, tem cerca de quase 1 minuto de vídeo cortado e segundo os avós de Marcelo, o menino não seria capaz de arquitetar um crime tão premeditado, sem deixar provas ou sem que os pais policiais o intermediassem. Eles acreditam que algo maior está por trás do verdadeiro motivo da chacina.

O vídeo que incrimina o garoto, mostra que Marcelo foi a escola logo após assassinar os pais, pressupondo, que o menino assassinou os pais pela manhã e se matou a tarde. Durante a apuração do caso, essas imagens não chegaram a serem periciadas.

No entanto, a advogada que cuida do caso, afirmou que foi de se causar estranheza que as imagens não tenham sido periciadas pela polícia brasileira.

A pergunta que fica desse grande mistério é se seria possível um menino de 12 anos ter planejado um crime e um suicídio tão bem premeditado e arquitetado, sendo que nada e ninguém soube explicar um motivo para tal ato. O que todos os familiares esperam é justiça e verdade para poderem seguir em paz.

 

Algumas das razões porque hoje Cancún é o destino preferido no México

Image result for Cancun

Cancún nos últimos vinte anos, se esforçou para atualmente ser considerado o principal destino mexicano. Com temperaturas médias de 27°C, e no auge do verão o calor chega aos 40°C, ainda possui as águas verdes e mornas típicas do Caribe, esse destino acaba sendo um sucesso entre os turistas do mundo todo, além de mergulhadores e surfistas. Alguns dos passeios que podem ser feitos estão na avenida principal de Cancún, onde os visitantes podem escolher entre os centros de compras cheios de grifes famosas internacionais, spas, baladas agitadas e restaurantes chiques.

O centro turístico de Cancún está localizado em uma estreita, mas longa faixa que fica entre o mar e a laguna Nichupté. Nessa região litorânea estão concentrados os resorts all-inclusive que ficam lado a lado, e atrações como o La Isla Shopping Village, onde existe um aquário em que é possível nadar ao lado de golfinhos, e o Hard Rock Cafe.

Existem outras opções um pouco menos procuradas, mas que ficam próximas do centro e do outro lado da laguna, com excelentes estruturas para atender os milhares de visitantes. Espalhados por todos os lados, estão restaurantes, bares, boates, baladas e outros centros comerciais. Algumas outras opções podem ser visitadas além desse agitado local, ao longo do litoral da península de Yucatán.

Cancún é uma cidade excelente para servir como base, daqueles que desejam conhecer outras regiões próximas dessa cidade, e conhecer um pouco mais da cultura maia. Entre os locais mais procurados estão a zona arqueológica de Tulum, que apresenta a cidade murada com uma linda paisagem do mar, sendo possível fazer mergulhos para admirar os lindos peixes multicoloridos e ir nas inesquecíveis ilhas Isla Mujeres ao norte, e em Cozumel mais ao sul, além de se divertir na popular Playa Del Carmen.

A  Riviera Maia  possui 120 quilômetros de litoral deslumbrante, banhado pelo Mar do Caribe. Essa é a área mais bonita da Península de Yucatán, e a Riviera Maia possui uma das maiores diversidades marinhas do México, onde é encontrado o segundo maior recife de corais do planeta, além de ilhas e praias ideais para a prática do mergulho, florestas e sítios arqueológicos. Cancún está localizado na Riviera Maia, com uma orla que possui vinte quilômetros de praias belíssimas e resorts, cerca de quinhentos restaurantes, alguns parques temáticos e muitos outros pontos turísticos, completam esses inúmeros atrativos do local.

No Brasil existem sete lugares que receberam o selo de Patrimônio Natural da Unesco

Image result for Fernando de Noronha, Pernambuco

A Unesco (Organização das Nações Unidas Para a Educação, a Ciência e a Cultura) já tornou patrimônios diversos locais espalhados pelo mundo todo. Entre essas preciosidades, existem aqueles que são naturais e para se tornar um Patrimônio Natural da Unesco, são necessários alguns pré-requisitos e depois fazer a inscrição desse local, para tentar entrar nessa seleta lista da Unesco. Depois é necessário aguardar a decisão que é dada pelo comitê responsável pela escolha. No Brasil, sete locais receberam o selo da Unesco e são considerados como Patrimônios Naturais da Unesco. São eles:

Parque Nacional do Iguaçu, Paraná – Considerado Patrimônio desde 1986, é um dos principais pontos turísticos do país. Nesse local são encontradas diversas passarelas, que possibilitam o visitante uma das paisagens mais lindas do planeta, que são as Cataratas do Iguaçu, com 275 quedas d’água e com algumas delas chegando a 82 metros de altura.

Fernando de Noronha, Pernambuco – Esse destino é um dos mais cobiçados do país, tanto que o governo federal passou em 2015, a restringir a  quantidade de visitantes,  com o objetivo de preservar a região, já que os ambientalistas se preocupavam com o número excessivo de turistas que chegavam na ilha. Ela é tombada desde 2001, sendo que são encontrados ali, muitos golfinhos e tartarugas marinhas, além de praias consideradas as mais belas do planeta.

Complexo de áreas protegidas do Pantanal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul – Tombado desde o ano 2000, possui uma área de mais de 187 mil hectares e o seu ecossistema de água doce, é um dos mais importantes do mundo. A sua fauna e a sua flora, que é representada pelos seus ipês roxos, são extremamente ricos.

Anavilhanas – Complexo da Amazônia Central, Amazonas – Considerada Patrimônio desde 2000, essa região é a maior área protegida de todo o país, com mais de seis milhões de hectares e uma das maiores biodiversidades mundiais.

Áreas Protegidas do Cerrado, Parques da Chapada dos Veadeiros e das Emas, Goiás – Tombadas desde 2001 pela Unesco, essas duas regiões possuem a mais antiga e mais rica variedade de todos os ecossistemas tropicais, podendo ser encontrado até quatrocentas espécies de plantas em cada hectare, além de diversos mamíferos exclusivos dessa região do Cerrado. Na Chapada dos Veadeiros podem ser encontradas diversos paredões e cachoeiras, além de rios e vegetações.

Reserva da Mata Atlântica das regiões Sul e Sudeste do Brasil – Tombada desde 1999, ela possui 47 mil hectares entre as 25 áreas protegidas. A Mata Atlântica possui várias preciosidades como florestas densas, montanhas, ilhas e até mesmo dunas, além de mais de trezentos tipos de cavernas, com destaque para a Casa de Pedra, que possui o maior pórtico do mundo, com 215 metros de altura.

Costa do Descobrimento, Parque Nacional do Monte Pascoal, Bahia – Essas reservas foram tombadas em 1999, e possuem uma área de mais de 112 mil hectares. Nessa área protegida existem três parques nacionais, o do Monte Pascoal, o do Pau Brasil e o do Descobrimento, duas reservas biológicas, a da Sooretama e a do Una, e ainda três reservas especiais, a de Veracruz, o do Pau Brasil e a de Linhares.

 

As mortes por câncer de cólon aumentam entre os adultos mais novos

Adultos estão morrendo de câncer de cólon e retais em uma taxa crescente a cerca de 50 anos, de acordo com dados estatísticos de um novo estudo da American Cancer Society.

Uma vez que a triagem de rotina geralmente não é recomendada para a maioria dos adultos com menos de 50 anos, os cânceres encontrados em adultos mais jovens geralmente estão em estágios avançados e mais mortais, disse o cirurgião colorretal, Dr. James Church.

Em 2016, em ocasiões separadas, Church viu dois jovens de 36 anos com câncer de colo do estágio IV, disse ele.

Em ambos os pacientes, que não tinham relação um com o outro, o câncer se espalhou para seus fígados, com isso ele não pode operar os dois pacientes. Ambos morreram, disse ele. “Ambos tinham famílias jovens, tanto meninos quanto meninas”, afirmou Church.

“Isso gera um grande impacto, e me faz estar muito interessado em tentar resolver esse problema. Todo mundo em círculos cirúrgicos colorretais está vendo o aumento da incidência de câncer de colon em jovens, definido como menor de 50”, disse Church.

O novo estudo, publicado na revista médica JAMA, diz que de acordo com um estudo anterior, os adultos nascidos em 1990 poderiam ter o dobro do risco de câncer de cólon e quatro vezes o risco de câncer retal, em relação aos que nasceram em 1950. O motivo do aumento das taxas de incidência e mortalidade ainda não está clara.

“Nós sabemos que há uma tendência crescente de incidência em pessoas com menos de 50 anos. Isso significa que as pessoas estão recebendo mais colonoscopias e o câncer sendo detectado com antecedência”, disse a autora principal do novo estudo, a epidemiologista da American Cancer Society, Rebecca Siegel.

O câncer colorretal, que inclui câncer de cólon e retais, é a terceira principal causa de mortes relacionadas ao câncer em mulheres nos Estados Unidos e a segunda principal causa em homens, e este ano, espera-se que resulte em cerca de 50.260 óbitos, de acordo com a American Cancer Society. Aqui no Brasil, até 2013 foram constatados 15.415 casos de câncer colorretal, sendo 7.387 em homens e 8.024 em mulheres.

Globalmente, o câncer colorretal é o terceiro câncer mais comum, de acordo com o World Cancer Research Fund International.

O novo estudo incluiu dados sobre diagnósticos de câncer de cólon e câncer de reto e relatos de óbitos para adultos de 20 a 54 anos nos Estados Unidos, de 1970 a 2014.

Os dados de mortalidade vieram do Programa de Vigilância, Epidemiologia e Resultados finais do Instituto Nacional do Câncer, conforme relatado pelo Centro Nacional de Estatísticas de Saúde, que acompanha as taxas de mortalidade específicas da causa.

Menino que teve perfil removido, volta as redes sociais e ganha mais de 90 mil seguidores

Image result for Junior Silva, croche

Na semana passada um garoto de apenas 12 anos de idade, Junior Silva, teve o seu perfil no Facebook deletado definitivamente pelos próprios moderadores da rede. Seu perfil já tinha cerca de 50 mil seguidores e continuava a crescer.
A mãe de Junior, original de Laras, no interior de São Paulo, decidiu abrir uma nova conta em seu próprio nome para o seu filho depois de ter assistido sua tristeza em perder todos os seus seguidores. Em entrevista, o garoto afirmou estar muito emocionado por ter conseguido quase o dobro de seguidores novamente depois de menos de uma semana.

Junior, ao contrario da maioria dos garotos de sua idade, possuía um perfil no Facebook mas não fazia postagens sobre sua vida pessoal, gostos e musicas, filmes, nem sequer lotava o seu feed de notícias com inúmeros selfies. Seu hobbie predileto é o crochê, e é exatamente sobre isso que o garoto desenvolvia todas as suas postagens.

De acordo com a mãe de Junior, Denise, ele aprendeu a fazer crochê assistindo a avó que gosta muito e até faz alguns tapetes junto com o netinho. Desde que aprendeu e conseguir finalizar sonzinho os seus próprios tapetes, todos os dias depois da escola, Junior fica na sala com seu celular, a linha e a agulha de crochê.

Denise afirma que o projeto do filho é motivo de orgulho em sua casa, e que ninguém tem preconceito com a paixão doo filho. Desde que voltou as redes sociais, Junior tenta postar pelo menos 1 vídeo por dia, uma especie de tutorial ensinando novos pontos, misturas diferentes além de novas formas de se criar um tapete artesanal.

De acordo com as regras de uso do Facebook, ninguém com menos de 13 anos de idade pode ter uma conta na rede social. Porém, a assessoria informou que a conta do “crocheteiro” Junior só foi deletada porque alguém fez uma denuncia!

O perfil foi removido há cerca de duas semanas. Junior retornou as postagens na semana passada com uma conta administrada pela sua mãe. Atualmente, Junior Alves possui mais de 90 mil seguidores em sua nova conta, quase o dobro que tinha em agosto.

 

 

 

Bares pelo mundo que possuem vista panorâmica

diversas atrações da cidade escolhida. Se a paisagem do bar escolhido for deslumbrante, a sua noite irá se tornar ainda mais perfeita. Alguns bares espalhados por cidades grandes de todo o planeta, oferecem lindas paisagens para os seus clientes, além de pratos e coquetéis fabulosos. Alguns desses bares incríveis pelo mundo são:

230 Fifth – Nova York, EUA

Na cidade de Nova York, são encontrados diversos bares muito badalados e com terraços. O  230 Fifth  é um dos mais comentados, principalmente pela vista esplêndida da Big Apple. Ele está localizado próximo do Madison Square Park, e possui dois lounges na cobertura.

Aer – Mumbai, Índia

Apesar da Índia não ser um país com uma cultura de bares e muita badalação, Mumbai possui boas opções por ser uma cidade cosmopolita. O bar Aer fica no 34º andar do Four Seasons Hotel, e a sua vista da cidade e do mar são maravilhosas. Ele apresenta ainda um menu internacional, principalmente de tapas e mezzes.

ME Reina Victoria – Madrid, Espanha

O ME Hotel Reina Victoria possui no último andar, um bar com uma vista deslumbrante de toda a Plaza de Santa Ana, e a possibilidade de tomar um coquetel sob as estrelas. O acesso até o bar é feito por um elevador privativo, e a sua decoração é bem moderna. Esse espaço possui um bar VIP, que é frequentado muitas vezes por famosos em festas exclusivas.

OXO Tower Bar – Londres, Inglaterra

Nesse bar localizado no oitavo andar da OXO Tower, na margem sul do famoso Rio Tâmisa, a vista é simplesmente fantástica incluindo a St. Paul’s Cathedral, bem em frente. O bar possui uma grande variedade de drinques, com preços um pouco altos, mas o visual do lugar vai compensar qualquer gasto.

Rock Bar – Bali, Indonésia

Esse bar integra o Ayana Resort & Spa, ocupando três plataformas situadas a quatorze metros acima da Baía de Jimbaran, em Bali. O bar possui uma vista de 360°, que impressionam todos os visitantes, além de apreciar pratos e coquetéis, ouvindo o barulho do mar batendo nas rochas próximas.

Algumas das cidades europeias com as melhores estações de esqui do planeta

Image result for Chamonix, França
Chamonix, França

Sempre que o inverno europeu está para começar, muitos turistas começam a organizar viagens para esse destino, atraídos pelo frio e pela neve, mas também pelas estações de esqui e pelas lindas paisagens europeias. Alguns destinos europeus com estações de esqui fabulosas, e que atraem milhares de turistas todo ano são:

Chamonix, França

Chamonix-Mont Blanc é considerado o melhor local de esqui de montanha do país. Desde 1924, quando a França sediou os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno, que o país figura como um dos destinos favoritos entre os adeptos do esqui e snowboard, podendo praticar esses esportes entre inesquecíveis falésias, percursos e encostas.

Sierra Nevada, Espanha

Com picos altíssimos e dias lindos com sol no inverno, Sierra Nevada, na Andaluzia, tem atraído muitos turistas que procuram o inverno na Europa. A região apresenta diversas trilhas e percursos, alguns para principiantes e outros para os mais experientes.

Zermatt, Suíça

Esse local é considerado um dos principais resorts de esqui do planeta. Essa cidade está localizada no Cantão de Valais, e possui paisagens deslumbrantes e românticas, possuindo pistas de esqui para a prática em todos os níveis, tanto para iniciantes como para os mais experientes. Nessa cidade os turistas se locomovem principalmente por carrinhos elétricos e por trenós.

Garmisch-Partenkirchen, Alemanha

Esse destino encantador da região da Baviera, é uma alternativa tradicional na Alemanha. Ela é rodeada pelas serras montanhosas de Ammergauer e Wettersteingebrige, onde são encontradas diversas pistas de esqui e também teleféricos, onde os turistas podem desfrutar das lindas paisagens.

Interlaken, Suíça

Essa cidade é uma das mais encantadoras cidades da Suíça, possuindo uma das mais famosas estações de esqui do continente europeu. Localizada no cantão de Berna, ela é rodeada por maravilhosas montanhas e lagos, onde algumas atrações como o Palácio de Gelo, podem ser vistos e passeios em cruzeiros, podem ser feitos para visitar lindas cidades pequenas, que ficam próximas dessa região.

Innsbruck, Áustria

Essa pequena cidade que fica no oeste do país, possui o mais importante centro da Áustria de esqui no inverno, e de montanhismo no verão. A economia de  Innsbruck  é impulsionada graças às várias estações de esqui, e pelas muitas trilhas de escaladas existentes nessa região. Outras atrações chamam a atenção dos turistas, como passeios de trenó e palácios imperiais.

 

Hospital do Paranoá tem centro cirúrgico interditado devido a falta de médicos

 

Pacientes em estado grave serão redistribuídos em unidades da rede pública, e Secretaria da Saúde admite que houve falha e não há data estipulada para os atendimentos serem normalizados. Esta é a segunda vez em que o Conselho Regional de Medicina, CRM determina que o Hospital seja interditado em menos de um ano. Devido a falta de médicos anestesiologistas o serviço foi suspenso e atualmente apenas 14 profissionais fazem o trabalho do centro cirúrgico, sendo que a média deveria ser de 28 profissionais. A ortopedia é o pior setor da unidade, e os pacientes da emergência estão aguardando mais de 30 dias para realizarem cirurgias, segundo o levantamento do Sindicato dos Médicos, o SindMédico.

Os pacientes foram transferidos para outras unidades da rede pública pela Secretaria de Saúde e a pasta justificou que: “O problema afeta não só o Hospital do Paranoá, mas toda a rede pública. As tentativas de solucionar a carência têm se frustrado porque as vagas que foram abertas em concursos anteriores, tanto para cargos efetivos quanto para temporários, não foram preenchidas”. Não existe uma data estipulada para o problema ser solucionado e desde setembro de 2016 o Conselho vem monitorando a situação do Hospital.

Dez meses atrás foi solicitado a primeira interdição ética da unidade e a Secretaria de Saúde informou que está sendo organizado um novo concurso que será concluído em 2018. Segundo o SindMédico a ortopedia estava com 32 pacientes aguardando cirurgia de fraturas e procedimentos de emergência.

A Secretaria tentou impedir na interdição do Hospital nas duas últimas semanas, e a pasta teve o argumento junto ao Conselho que mesmo com a falta de profissionais, suspender os serviços seria mais prejudicial a população. A falta de fios cirúrgicos, luvas, antibióticos e exames de raio-X e tomografia também colaboraram na decisão.

Houve um remanejamento dos pacientes após o centro cirúrgico ter sido interditado e os pacientes com casos cirúrgicos na área da ortopedia foram para o Hospital Regional de Planaltina. Os casos de cirurgia geral foram para o Hospital de Sobradinho. Apesar da interdição, o Hospital continuará fazendo o atendimento cirúrgico nos casos de ginecologia e obstetrícia, exceto em casos de cirurgia de alto risco que os pacientes serão transferidos para o Hospital Universitário de Brasília e para a UPA de São Sebastião.